Grupo de Política Internacional

Europa das Ideias
25
Mai 09

 

A nova Administração Obama deixou claro que espera um aumento significativo do esforço europeu no Afeganistão, não escondendo que este assunto irá influenciar a sua avaliação da importância estratégica da Europa no conjunto das alianças político-militares dos EUA.

Esta pressão norte-americana insere-se no âmbito da sua nova estratégia para o Afeganistão, considerado pelo Presidente dos EUA como o centro da Guerra contra o Terrorismo, que inclui os seguintes pontos: (1) a “regionalização” do conflito, envolvendo a Rússia, o Irão, a Índia, os países do golfo pérsico e da Ásia Central no que pode evoluir para uma espécie de conferência multilateral para o Afeganistão; (2) o reforço significativo do contingente militar norte-americano no país (sobretudo no Sul e Leste), com a possibilidade do envio de mais tropas no final de 2009, ou início de 2010; (3) o reforço da missão da NATO no Afeganistão (a ISAF - International Security Assistance Force), quer através do aumento de tropas americanas, quer do aumento de tropas europeias; (4) a abertura para negociar com os rebeldes Talibã menos extremistas; (5) a tentativa de cooptar, ou mesmo armar, as tribos afegãs Pashtun.

Embora esta nova estratégia dos EUA tenha sido bem recebida pelos aliados europeus, alguns dos seus pontos acarretam problemas, sobretudo o reforço de tropas. Como referiu um especialista no assunto, Daniel Korski, enquanto os EUA estão a pressionar a Europa para fazer mais, os governos europeus estão sob crescente pressão interna para fazer menos. Várias sondagens em França, Alemanha e até Reino Unido demonstram que as opiniões públicas querem a retirada das tropas e menos dinheiro gasto no Afeganistão. Por isso, este autor conclui que, para a Europa, o Afeganistão passou da “guerra esquecida” para a “guerra indesejada”.

publicado por Tiago Moreira de Sá às 22:21

pesquisar
 
sobre nós
Somos um grupo de jovens pró-europeus, que pretende contribuir para o avanço do projecto de integração europeia fomentando o debate de ideias sobre as grandes questões da actualidade, recordando a história da Europa.
desenvolvimento: Oceanlab
blogs SAPO