Grupo de Política Internacional

Europa das Ideias
02
Jun 09

 

A dimensão dos programas de recuperação da crise, em relação ao PIB, distribuída pelos principais blocos económicos é a seguinte:

 

País

Programa Público anti-crise
(% PIB)

EUA

6 a 7%

EU

1,50%

Japão

2%

China

20%

Mundo

4%

 

O esforço de Portugal para o combate à crise deverá rondar os 0,7% do PIB, inferior à média da EU.

Mandam as regras e as boas práticas na utilização dos dinheiros públicos que, não só órgão fiscalizador das acções do Governo, a Assembleia da República, mas também os contribuintes, pudessem (i) ter acesso a todos os planos para ajudar a combater a crise de uma forma sistematizada e, (ii) a quem e por quanto foi distribuído o esforço de “poupança forçada” dos contribuintes.

O Department of the Treasury (http://www.financialstability.gov/), dá-nos uma boa lição de como se faz, devendo similar procedimento constituir uma (boa) prática a seguir.

A transparência é uma regra de exigência, que compete aos cidadãos e aos seus representantes eleitos mas, sobretudo, e em primeiro lugar, é algo que não deveria ser reclamado mas disponibilizado.

 

publicado por nunocarlosaraujo às 02:25

pesquisar
 
sobre nós
Somos um grupo de jovens pró-europeus, que pretende contribuir para o avanço do projecto de integração europeia fomentando o debate de ideias sobre as grandes questões da actualidade, recordando a história da Europa.
desenvolvimento: Oceanlab
blogs SAPO