Grupo de Política Internacional

Europa das Ideias
04
Mai 09

Muita atenção à contra proliferação como emergente móbil de cooperação securitária transnacional, nomeadamente transatlântica. A Administração Obama seleccionou-o como uma presença constante ao longo da sua campanha eleitoral e, ao contrário de muitas outras matérias, na Europa existem já edifícios nacionais e comunitários preparados para a resposta à ameaça.

A contra proliferação fará, sem dúvida, parte da agenda securitária transatlântica dos próximos anos.

O CSIS já o percebeu e traçou os desafios para a cooperação e interoperabilidade no seu paper "US-European Nonproliferation Perspectives". 

publicado por André Pires às 21:23

pesquisar
 
sobre nós
Somos um grupo de jovens pró-europeus, que pretende contribuir para o avanço do projecto de integração europeia fomentando o debate de ideias sobre as grandes questões da actualidade, recordando a história da Europa.
desenvolvimento: Oceanlab
blogs SAPO